Logo você sabia oficial.png

Verdades que você precisa saber sobre a carne suína 

A carne suina, em tempos atrás, foi cercada de vários tabus sendo considerada um produto altamente gorduroso ocasionando mal à saúde. 

É importante saber que a partir de meados da década de 80 até os dias de hoje, o suíno perdeu 31% de sua gordura, 14% de calorias e 10% de colesterol, tornando-se uma carne extremamente saudável e saborosa.

CAMPEÃ MUNDIAL DE CONSUMO

Dados da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, atestam que a carne suína é a proteina animal mais consumida no mundo. Sete países, dentre os dez maiores consumidores de carne suína encontram-se entre os com maior Índice de Desenvolvimento Humano - IDH da ONU, ou seja, são países onde os indivíduos vivem mais e melhor.

CALORIAS

Carnes suinas tais como o pernil e  lombo têm baixo valor calórico e são ricos em nutrientes essenciais e proporciona saciedade. além disso, a gordura do suino é extramuscular e pode ser retirada facilmente antes do preparo.

MASSA MAGRA

A carne suina auxilia no ganho de massa magra, pois é rica em proteínas de alto valor biológico, o que contribui para uma boa saúde muscular, já que essas proteínas, quando quebradas, geram aminoácidos essenciais - que são aqueles necessários para a manutenção da massa magra.

VITAMINA B1

A carne suina é a principal fonte animal de tiamina (Vitamina B!). Quando comparada as carnes bovina e de aves, pode conter até dez vezes mais a quantidade deste micronutriente. É possível, ainda, que um indivíduo adulto que consuma 100g de carne suina alcance quase 20% da recomendação de outras vitaminas do Complexo B.

PREVENÇÃO DE DOENÇAS

A carne suina pode auxiliar na prevenção de doenças, pois o consumo desta carne fortalece o sistema imunológico, uma vez que possui vitaminas A, C, Zinco e Ferro, micronutrientes de fundamental importância para o bom funcionamento do sistema imunológico.

HIPERTENSÃO E ANEMIA

A carne suina auxilia no tratamento de anemias e hipertensão arterial, pois ela tem possivel potencial anti-hipertensivo em individuos com consumo regular de cortes magros desta carne. A sua utilização auxilia na prevenção/melhora da anemia ferropriva. O consumo 100g de carne suina corresponde de 10 a 22,5% da ingestão diária de ferro de um individuo saudável.

SAÚDE DA MULHER

O conteúdo de proteinas de alto valor biológico, perfil de aminoácidos, presença de ácido graxo monossaturado, seu valor expressivo de vitaminas do complexo B, especialmente tiamina, a presença de ferro, selênio, além de outros nutrientes, indicam impacto positivo na saúde da mulher e até mesmo no tratamento dos sintomas da síndrome pré-menstrual.

SAÚDE DA CRIANÇA

O ferro é parte da hemoglobina e essencial para o transporte de oxigênio no sangue. Na infância há necessidade desse nutriente, que é fundamental para o desenvolvimento psicomotor, cognitivo e para o sistema imunológico. O zinco é importante para o funcionamento desse sistema, para o crescimento e desenvolvimento sexual e cognitivo e sua ausência leva à redução do apetite e paladar.